Por: Manuel Rivera León

Bogotá, Colombia

A transferência de conhecimento é um dos pilares da estratégia corporativa da  SNC-Lavalin na Colômbia. Para desenvolver esta estratégia, a companhia se sustenta nos benefícios e atributos da formação virtual, aplicados em sua plataforma e-learning.

Este site foi criado com o intuito de aperfeiçoar processos de capacitação, através de uma ferramenta funcional e amigável com a qual fosse possível ter um impacto, em diversos temas, sobre os colaboradores da organização. Baseada nesta necessidade, a companhia apoia seu trabalho no Moodlerooms (anteriormente Nivel Siete) para desenvolver um processo de consultoria, de implementação gráfica e de aperfeiçoamento da plataforma Moodle, para poder registrar os cursos, avaliações, etc.

Atualmente, o principal tema de capacitação na companhia é o manejo do “Autoplant”, um software para desenho de engenharia, especificamente, projetos para o setor do petróleo e gás. Este tema está conformado por 12 cursos, cada um deles integrado por 4 ou 5 módulos e está dirigido aos colaboradores da área de Engenharia. O objetivo é que eles desenvolvam novas capacidades e habilidades no uso do software.

Antes da adopção dos recursos e-learning, o processo de formação representava custos maiores em relação ao tempo e logística porque, para todos os casos, era necessário reunir as pessoas em um mesmo lugar. Além disso, a companhia não contava com um repositório de informação dos cursos que pudesse ser consultado pelos colaboradores.

A realização do projeto e-learning tem trazido vários benefícios. Hoje, os colaboradores são capacitados desde seus lugares de trabalho, há maior cobertura, tem-se fomentado o uso da virtualidade e isso tem motivado às pessoas a tomar os cursos. Isso, também, tem contribuído para que os membros da organização reconheçam a importância da capacitação para seu desenvolvimento profissional.

Assim, a resposta por parte dos colaboradores tem sido muito positiva.  María del Carmen Ramírez, Projetista da área de Processo diz que “é uma metodologia muito boa. O curso de Autoplant tem sido muito específico, ensina as coisas passo a passo e tudo é muito detalhado. Tenho a possibilidade de estudar a meu próprio ritmo e isso faz com que a plataforma seja excelente para mim”. Esta ideia é compartilhada por Catalina León, Engenheira de Processos que também comenta: “é muito bom que a gente possa consultar o material e os conteúdos em qualquer momento e desde qualquer lugar, e receber retroalimentação”.

Além disso, os processos de gestão de conhecimento têm sido aperfeiçoados, já que o escritório da SNC-Lavalin na Colômbia é uma sede pioneira na virtualização do curso de Autoplant, e existe a possibilidade de traduzir o curso ao inglês para uma maior abrangência nas outras sedes da companhia.

O uso dos recursos e-learning, sem dúvida, trazem muitos benefícios.
Mesmo assim, é preciso manter a estratégia constantemente atualizada e articular acertadamente os conteúdos para obter resultados mais efetivos. Cristian Grillo, engenheiro especialista em tubulação, confirma tais benefícios: “aprender através do e-learning tem fortalecido minha qualidade de autodidata e, em geral, aumenta a disciplina. Acho que é um ponto de partida muito bom para a companhia porque facilita e aperfeiçoa o uso do tempo e os trabalhos. Por isso, acho que é muito positivo que a empresa tenha realizado este tipo de capacitação”.

A SNC-Lavalin é um dos grupos de engenharia e construção mais importantes do mundo e um ator chave em matéria de propriedade de infraestruturas e fornecimento de serviços de operação e manutenção. Fundada em 1911, a SNC-Lavalin conta com escritórios em todo o Canadá e em outros 40 países e atualmente se encontra ativa em aproximadamente 100 países. www.snclavalin.com

*Rafael Ordoñez – Gerente de Qualidade SNC-Lavalin Colômbia

Foto por: Victoria Holguín